8 de jul de 2012

Nos dias atuais, com o mundo todo interligado pela internet nas redes sociais e na mídia, salvar baleias da morte pela caça indiscriminada não tem sido tarefa fácil para os ativistas.

Imagine então como teria sido salvar três baleias encalhadas há 23 anos atrás, quando ainda não existia internet, e o mundo vivia no tempo da guerra fria entre EUA e a Rússia.

milagre-baleias (1)

Como se isso ainda não bastasse, as baleias estavam presas em buraco no gelo no Alasca, no território dos Inuíts, que são os membros da nação indígena esquimó, que habitam as regiões árticas, e que sobrevivem da caça à baleia branca.

milagre-baleias (2)

O grande milagre realizado por essas três baleias encalhadas, ajudadas inicialmente por 3 pessoas, foi o de alterar a mentalidade de seus até então algozes caçadores, para resgatadores de baleias, e fazer com que os governos dos Estados-Unidos e da Rússia, colaborassem para resgata-lás e devolve-las ao mar, independentemente dos motivos de cada um.

Abaixo as fotos reais do esforço dos inuíts para salvar as baleias.

milagre-baleias (4)

O fato verídico e que emocionou corações em todo o mundo em 1988, envolve um repórter de um pequeno jornal local,  uma voluntária do Greenpeace, e o chefe inuít local, que se unem para salvar uma família de majestosas baleias-cinzentas presas pela rápida formação de gelo no Polo norte, e que se transformou em um esforço internacional chamado de Operação Breakthrough.
 
milagre-baleias (3) milagre-baleias (5)
milagre-baleias (6) milagre-baleias (7)

E como toda boa história sempre um dia chega aos cinemas, holywood demorou, mas conseguiu retratá-la o mais fielmente possivel, tanto que foi após assistir o filme O Grande Milagre, é fui atrás dos fatos verídicos ocorridos em 1988.

milagre-baleias (12)

Um fato não relatado no filme foi um telefonema muito importante que dizia:
-"Aqui fala Campbell Plowden coordenador da campanha de baleias do Greenpeace. Gostaria de informá-lo que a União Soviética enviará dois navios quebra-gelo para abrir caminho às baleias presas no Alasca”.

milagre-baleias (13)

Isso desencadeou o enlace do resgate das três baleias-cinzas, que estavam prestes a morrer presas no gelo do Alasca. O ativista Campbell Plowden telefonou para a agência de notícias Associated Press, que imediatamente espalhou a notícia (que até então não havia sido confirmada pela Russia, e  que forçou tanto o governo dos Estados Unidos, como os soviéticos, a atuarem em conjunto com os esquimós, as empresas de petróleo e os ambientalistas para salvar as baleias).

milagre-baleias

Infelizmente não posso contar a verdadeira história aqui, sem desvendar o filme, portanto recomendo que assistam “O Grande Milagre”, abaixo o trailler.

.

8 de jul de 2012
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário