17 de dez de 2013

Callie, de 2 anos e meio de idade foi adotada em um abrigo de animais, pelo Neurocientista Gregory Berns. Após ter sido treinada a usar protetores de ouvido e ficar imóvel durante exame de ressonância magnética, ajudou seu tutor a completar um estudo onde os mapas cerebrais gerados pela máquina comprovaram que os cães  tem a capacidade de experimentar emoções positivas, como o amor e apego, o que significa que os cães têm um nível de sensibilidade comparável à de uma criança humana.
Neurocientista Adota Cão e Comprova que Cães Tem
Para o neurocientista, a capacidade de experimentar emoções positivas, como o amor e apego, significa que os cães têm um nível de sensibilidade comparável à de uma criança humana. E essa capacidade sugere repensar a forma como tratamos os cães.
Isso porque os cachorros têm sido considerados propriedade dos humanos, como se fossem apenas coisas. Mas as novas evidências sugerem que cães e, provavelmente, muitos outros animais (especialmente os primatas) têm emoções como nós. Um sinal de que é preciso repensar o tratamento de animais como propriedades de uma espécie que se acha superior, a dos humanos.
Fonte: Info Abril/Futurity
1adote1adulto
Veja o vídeo
.



17 de dez de 2013
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário