31 de jan de 2014

(VÍDEO) O vídeo feito por voluntários de um abrigo dos EUA, é de uma alegria contagiante, que faz com que as pessoas adotem e ajudem os abrigos.

Bem diferente da nossa realidade brasileira, onde os abrigos não divulgam seus endereços e poucos aceitam voluntários ocasionais.

VÍDEO)  DÊ UMA CHANCE AOS ANIMAIS

Esse é um assunto longíssimo e difícil de explicar no Brasil. Enquanto a grande parte da população que se indigna com o fato de ver um cão ou um gato abandonado perambulando pelas ruas, e sai as redes sociais com apelos para algum abrigo resgate o pobre animal, e acaba por descobrir que não existe abrigos que aceitem receber esses animais (por falta de espaço, de dinheiro e de alimento para os mesmos), os dentro da causa animal são totalmente contrários a criação de abrigos de animais pelos mais variados motivos.

É uma pena esse contrassenso, e quem sofre com isso são os animais.

 

Sou da opinião que deveríamos sim exigir do poder público a construção de abrigos municipais, afinal está na nossa constituição de que os animais são tutelados do estado. Não entendo porque velhas recordações de abrigos falidos, com animais passando fome, possa ser pretexto para deixar que milhares e milhares de animais morram atropelados, morram surrados, escaldados com água ou óleo fervente. Será que é só em São Paulo que temos horário estabelecido para colocar o lixo na calçada, o lixo que outrora servia de alimento a muitos animais errantes, que nem com isso podem contar para sobreviver.

Vejo petições e manifestações pedindo mais castrações, maior rigor no controle populacional dos animais por parte das autoridades, mas parece que todos esquecem que eles não fazem a mínima ideia do que os animais precisam – simplesmente porque sem a existência dos abrigos, e a supervisão destes – eles jamais terão ideia do que tanto falamos.

Pense nisso, existem muitos prédios que poderiam servir como abrigos como ocorre nos EUA. Onde as pessoas poderiam visitar, participar, se voluntariar nem que fosse somente por um dia.

Leia Também: Por um novo CCZ na cidade de São Paulo

31 de jan de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário