7 de jul de 2014

(VÍDEO) Depois de passar 50 anos acorrentado e espancando, Raju o elefante foi salvo. Nesse momento as lágrimas rolaram por sua face. Suas pernas sangravam com as correntes perfurantes, que estavam tão enroladas que demorou 45 minutos para retira-las. Leia o emocionante relato desse resgate.

A equipe do Wildlife SOS ficaram espantados ao ver as lágrimas rolando pelo rosto de Raju durante o resgate. E muitos especialistas concordam que realmente os elefantes choram quando tomados por uma forte emoção, assim como os humanos.

raju

"O caso de Raju foi particularmente trágico. Ele foi vendido por diante. Nós acreditamos que ele teve até 27 proprietários. No momento em que ele foi resgatado, ele estava em uma condição patética. "Ele não tinha abrigo durante a noite e era usado como atração; mendigava moedas, desde o amanhecer até o anoitecer.

"Ele não era alimentado corretamente e estava em um estado de fome e exaustão. Ele começou a comer plástico e papel.  "Suas unhas estão severamente machucadas, ele tem abscessos e feridas por causa de seus grilhões perfurantes e continuamente andando em estradas alfastadas, levou suas patas ao extremo da dor..

Uma vez que a ordem judicial foi emitida, uma equipe liderada por Wildlife SOS, foi realizado dois dias de vigilância, temendo que proprietário de Raju, conhecido como um mahout, fugiria. Kartick explicou: "Tivemos que agir rapidamente, era uma situação tão desesperada e a crueldade tão extrema.

"Os espinhos em suas correntes estavam cortando sua carne. Cada vez que ele andava, o pus iria escorrer para fora dos ferimentos. A dor e a brutalidade eram tudo o que Raju conhecia.

Ele estava com tanta fome que comeria plástico e papel para encher o estômago vazio.

A equipe que resgatou Raju informou que o gigante chorou quando percebeu que seu calvário estava chegando ao fim.

Pooja Binepal, da Wildlife SOS-UK, disse: "Raju passou 50 anos acorrentado 24 horas por dia, um ato intolerável de crueldade. "Foi incrivelmente emocionante, em nossos corações nós sabíamos que ele percebeu que estava sendo libertado.

"Os elefantes são animais altamente inteligentes e majestosos. Nós só podemos imaginar o que essa tortura de meio século tem  para ele.

A missão de resgate aconteceu a noite para evitar mais um sofrimento a Raju do calor abrasador do sol na região de Uttar Pradesh da Índia. Faz exatamente um ano desde que a instituição de caridade foi alertado para esta situação pelo Departamento Florestal Pradesh Uttar. Um processo de confisco tinha ido aos tribunais antes Raju foi apreendido.

Pooja explicou: "Muito pouco se sabe sobre seus primeiros anos, mas acreditamos que ele foi retirado de sua mãe quando ainda era um filhote.

"O cruel abusador de Raju, arrancou ele mesmo, o cabelo de sua cauda para vender como amuletos de boa sorte. A exploração e abuso tinham que parar. "

Mas, mesmo com a missão misericórdia começou, o proprietário de Raju tentou impedir seu resgate. Kartick disse: "Ele começou a gritar ordens para aterrorizar Raju e tentar provocá-lo. Criou-se uma situação extremamente perigosa porque um elefante pode tirar a vida de um ser humano como um palito, se ele fica com medo ou com raiva.

"Então ele colocou correntes em torno das pernas de Raju em uma tentativa de parar de proibir o resgate. Elas estavam tão cruelmente apertadas que estavam cortando suas pernas.

"Mas estávamos na nossa terra e nos recusamos a deixar que isso continuasse acontecendo. E como fizemos isso, as lágrimas começaram a rolar pelo rosto de Raju. Alguns, sem dúvida, foram devido à dor, mas ele também parecia sentir que a mudança estava por vir. Ele sentiu esperança pela primeira vez.

"Sabíamos que era agora ou nunca. "Cada passo era uma agonia, mas tivemos que levá-lo. Decidimos remover os grilhões depois que nós estavámos em segurança."

Uma vez que o elefante de cinco-e-um-meia tonelada foi carregado em um caminhão aberto e sedado, ele foi levado para a Wildlife SOS.

"Ele deu o primeiro passo para a liberdade um minuto depois da meia-noite em 4 de julho. "Os outros elefantes no santuário acordaram como se uma força os chamassem a darem uma olhada no novo resgatado. Foi um momento extraordinário. "

Raju foi alimentado com bananas, folhas de bananeira, mangas e um pouco de pão e biscoitos e água.

Kartick disse: "Demorou 45 minutos para libertá-lo. As correntes pontiagudas estavam enroladas em torno de suas pernas causado dor, se alguém tentasse tirá-las. Quatro mahouts delicadamente persuadiu-o para sentar-se e, finalmente, fomos capazes de dar-lhe a liberdade.

"Todos nós tínhamos lágrimas nos olhos como a última corrente que segurava a agulha final foi cortado e Raju deu seus primeiros passos de liberdade.

"A equipe estava exausta, mas exultante. Raju sofreu abuso impensável e trauma por tanto tempo. Seu espírito foi quebrado.

"Ele vai ficar no isolamento por uma semana enquanto ele recebe atendimento médico de emergência. Quando ele estiver pronto ele vai se juntar a outros dois elefantes  chamados Rajesh e Bhola, que também já sofreram crueldade inimaginável.

"Bhola era cego e foi atropelado por um caminhão. Mas, apesar de suas terríveis lesões na coluna vertebral e tronco seu mahout obrigou-o a trabalhar até ele foi resgatado das ruas, como um esqueleto vivo.

"Rajesh foi brutalmente espancado em um circo. Ambos foram reabilitados, e agora Raju vai aprender a viver de novo, seguindo o exemplo deles.

"Ele, então, vai se juntar ao resto dos elefantes, incluindo cinco elefantes que ele pode paquerar. Ele vai passar o resto de sua vida em um lugar seguro em dignidade e livre do sofrimento e dor. "

A Wildlife SOS India, depende de doações, para manter e tratar os animais que resgata.

Para contribuir, acesse wildlifesos.org ou enviar cheques ou vales postais para Wildlife SOS-Reino Unido, 483 Green Lanes, London N13 4BS

7 de jul de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário