25 de out de 2012


Várias denúncias já vinham sendo feitas pela entidade à polícia, dando conta também de que ele vendia animais doentes em seu estabelecimento comercial.

shopdog_maltrataanimais3

Proprietário de pet shop que funciona em área do Shopping Uberaba foi preso na tarde de ontem pela Polícia Ambiental, acusado de maus-tratos a animais domésticos, depois de denúncias da Sociedade Uberabense de Proteção ao Animal (Supra), dando conta de que ele mantinha mais de trinta cães em cativeiro em uma chácara na zona rural. O homem chegou a ser levado à delegacia, mas acabou liberado e, por enquanto, ainda vai ficar cuidando dos cães, enquanto a Justiça decide qual o destino dos animais.


Várias denúncias já vinham sendo feitas pela entidade à polícia, dando conta também de que ele vendia animais doentes em seu estabelecimento comercial.

shopdog_maltrataanimais2

Ontem, por volta de 10h, uma viatura da Polícia Ambiental foi até a Estância Lambari, situada na BR-262, km 832, próximo ao bar do Chuá, onde, segundo as denúncias, os cães eram mantidos em cativeiro, sendo alimentados somente uma vez por dia e eram soltos somente uma vez por semana, além de não receber nenhum cuidado médico ou higiênico no local.

shopdog_maltrataanimais4

O caseiro da chácara, C.L.C., 32 anos, comunicou a presença dos policiais ao proprietário, A.C.M., 48, que acompanhou a ocorrência. Foi constatado pelos militares que no local havia 36 cães confinados em gaiolas de arames, em condições higiênicas insatisfatórias, e que dois animais estavam seriamente doentes e com lesões aparentes de maus-tratos. O trabalho de perícia foi acompanhado pela médica-veterinária Roberta Lacerda de Miranda Rezende, que constatou serem os cães de diversas raças.

Constatado o crime previsto no artigo 32 da Lei Federal 9605/98 e artigo 3º do decreto 24.645/34, os policiais fizeram a apreensão dos animais e deram voz de prisão ao autor A.C.M., que foi conduzido preso à 15ª DPC, no Parque das Américas.

O delegado de plantão, Danilo Alves, determinou a elaboração de um Termo Circunstanciado de Ocorrência e a entrega dos outros 34 animais aos cuidados do autor, como fiel depositário, até o encerramento do inquérito que apura o caso. .

shopdog_maltrataanimais1

Danilo foi procurado pela reportagem, mas não foi encontrado para falar sobre o assunto.

naocompre-adote

Fonte: Jornal da Manhã e Allefcapt

25 de out de 2012
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário