4 de dez de 2013

Para onde quer que fores, leva junto teu coração e seu animal de estimação.

viagem-animais

Fim de ano, férias chegando, começam a aparecer várias e várias campanhas contra o abandono de animais, ás quais eu nunca divulgo e nem compartilho e vou explicar porque.

Estudos demonstram que o nosso cérebro recebe comando das palavras que pronunciamos.  O fato é que, você não vai parar e pensar no que foi dito para só depois tomar uma atitude. O seu cérebro dará um comando para que você aja imediatamente. O mesmo ocorre quando você coloca a mão no fogo ou toma um choque. O processo é automático. Você age instintivamente.

O problema é que a nossa mente não funciona da mesma maneira para todas as palavras. A palavra NÃO, por exemplo, não é decodificada, pelo nosso cérebro em seu significado real. Se você diz que NÃO quer que algo aconteça, a sua mente NÃO irá obedecê-lo como deveria. Quer uma prova disso? Se eu lhe digo: NÃO pense em uma maça vermelha. O que aconteceu? Incrível, não é? Você instintivamente pensou em uma maça vermelha, não foi? Portanto, nesse caso o seu cérebro não obedeceu ao comando NÃO.

Daí o cuidado especial que devemos ter com a palavra NÃO. Se você deseja conseguir resultados plausíveis evite dizê-la.

Se você pretende conseguir resultados sublimes no relacionamento com as pessoas faça com que elas digam SIM o máximo de vezes possível. O SIM significa concordância e é um ótimo combustível para chegarmos ao resultado que buscamos.

Em síntese, sou da opinião que campanhas que incentivam as pessoas a viajarem com seus animais, ou a procurarem novos lares para eles, trazem resultados melhores do que as campanhas que trazem a frase: Não me abandone!

campanha-nao-da-certo

Atualização: Pelo visto , além de mim Sheila Moura da ONG Fala Bicho também tem um opinião sobre o assunto, ela escreveu – “…Acho muito ruim considerarem e divulgarem (por pura ignorância) algo que só dá mais idéia na cabeça destes tais "serumanos" tão presentes em nossa sociedade….”

Leiam a postagem dela na íntegra:

Cresce número de cães abandonados nesta época do ano... é verdade?

4 de dez de 2013
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário