5 de mai de 2014

(c/Vídeo) A Nikita de “Almas Caninas” é a voz de todos os cães que são abandonados.  Se eles pudessem falar, o que eles diriam?

A história de dois filhotes abandonados com apenas 6 meses de idade, em maio de 2010, no frio e na chuva, serviram de inspiração para o roteiro do filme brasileiro “Almas Caninas”.

A dedicatória feita aos animais, logo no início do trailler é comovente;

Um filme dedicado a todos os cães que lutam pela sobrevivência nas ruas, abandonados por quem consideram como seu melhor amigo.

almas caninas

Sem ter onde se abrigar, os irmãos caninos permaneceram juntinhos embaixo do telhado do portão. No dia seguinte, quando os donos do imóvel notaram a presença, dos cãezinhos decidiram colocá-los para dentro provisoriamente, pois estava muito frio.

Mas o que era para ser provisório ficou definitivo, conta  Andréia Godoy, roteirista e produtora do filme; – “Não resistimos ao seu carinho. A história de Nick e Nikita nos inspirou a escrever o roteiro.”

O filme é um híbrido de documentário com ficção. Ao longo de Almas Caninas, os depoimentos de veterinários, treinadores, psicólogos caninos, ONGs, tutores de cães e especialistas revelam os benefícios que esses gentis animais proporcionam ao ser humano, sem deixar de abordar casos de maus tratos e abandono.

Andréia Godoy a roteirista conta: –“ Optamos por não contratar cães treinados para fazer o filme. Procuramos captar a beleza da espontaneidade peculiar deles, o que nos custou várias diárias de gravação.”

Assista ao trailler;

O diretor Ricardo Bruini acrescenta; –“ Por muito tempo, ficamos a nos perguntar: que tipo de pessoa faria uma maldade dessas?   Por que abandonar dois cães ainda filhotes no frio e na chuva?  Por que as pessoas abandonam seus cães? Foi com o intuito de buscar a resposta para esta pergunta que encontramos a motivação para fazer o filme. 

Andréia Godoy: quando pensamos no roteiro, queríamos que as pessoas tivessem consciência dos problemas ocasionados por esta prática que tem sido muito adotada ultimamente. É preciso que todos

É preciso que todos saibam que esse hábito além de ser cruel, traz grandes prejuízos à nossa sociedade.  E quem presencia o abandono deve denunciar para inibir esta prática: abandonar animais é crime!

Ricardo Bruini: sempre fomos apaixonados por animais, especialmente cães. A idéia seria mostrar todos os benefícios que eles nos proporcionam, em contrapartida ao que nós, seres racionais, causamos a eles.  Queremos que as pessoas tenham consciência do que é a guarda responsável: quando você pega um cão para criar, ele é responsabilidade sua, e não de outra pessoa.

No filme, o espectador é convidado a vivenciar a história da cadela Nikita que foi abandonada e luta para sobreviver nas ruas. A posição da câmera, as cores que os cães enxergam, enfim, procuramos trabalhar nas imagens o ponto de vista da cadela, fazendo com que o espectador se coloque no lugar da personagem.

O filme é um híbrido de documentário com ficção. Ao longo de Almas Caninas, os depoimentos de veterinários, treinadores, psicólogos caninos, ONGs, tutores de cães e especialistas revelam os benefícios que esses gentis animais proporcionam ao ser humano, sem deixar de abordar casos de maus tratos e abandono.

“Conviver com um cão é ter o privilégio de desfrutar de uma fonte inesgotável de alegria; é chegar em casa cansado do trabalho e encontrá-lo sempre abanando a cauda, faça sol ou faça chuva; É ter sempre vontade de acariciá-lo e brincar com ele; é deixar de ser adulto para voltar a ser criança. É ser amado durante toda sua vida!” (Andréia Godoy – Roteirista e Produtora de “ALMAS CANINAS”)

Parcialmente patrocinado pela Total Alimentos, o filme ainda precisa de outros patrocinadores para chegar aos cinemas do Brasil. Assim, ainda não tem data de estreia marcada, mas já está animando entidades de proteção animal e os amantes de cães.

“Almas Caninas”, esta à venda no site da Distribuidora de filmes Nittas, ou no site da Livraria Cultura. Sua exibição nas TV’s, está sendo negociada com emissoras abertas e fechadas.

Fonte: SITE OFICIAL: www.almascaninasOfilme.com.br

Página no facebook: WWW.FACEBOOK.COM/almascaninasOfilme

5 de mai de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário