12 de mai de 2014

Sid, conseguiu se salvar graças a compaixão da funcionária da clínica veterinária, pelos animais. O cachorro de 5 anos de idade ficou um ano nas mãos do veterinário Dr. Lou Tierce.

Tudo começou com um inchanço na glandula anal. A Família de Sid, o levou até a clínica veterinária onde o Dr. Tierce recomendou um tratamento a laser ao invés da cirurgia, e passou a tratar do animal durante todo o verão de 2013. O veterinário era conhecido por manter animais internados por estadias prolongadas.

Veterinário Cruel disse a Família ter Eutanasiado

Mas, em setembro o cachorro mal conseguia andar. O veterinário informou a família que era devido a uma reação a um "cocktail medicinal". Mais uma vez a família confiou na explicação do médico.

Quando a condição de Sid piorou, o veterinário disse-lhes que ele tinha uma doença degenerativa na coluna vertebral que só iria piorar, e recomendou a eutanásia do cachorro.

A família então despediu-se de Sid e pensaram que ele havia sido enterrado na fazenda do veterinário, e há seis meses choram a perda do cão.

Mas no começo desse mês recebam um telefonema, de uma funcionária da clínica veterinária, dizendo que Sid estava vivo, e que ele estava sendo mantido preso, para que seu sangue fosse usado nas transfusões, e que ele era mantido em uma gaiola, a maior parte do dia sentado em suas próprias fezes e urina.

Ao telefone Brewer, a funcionária disse: - 'Ele ainda está aqui'; e a mãe humana de Sid:- 'Será que ele anda?

- 'Sim, ele está aqui esperando por você. Se você vier ainda hoje, ele vai sair e pular em seu carro ", disse a funcionária da clínica.

"Foi como levar um murro no estômago", disse Marian Harris ao canal NBC.

-"Isso abalou o nosso mundo. Meus filhos ainda não entenderam o que aconteceu com Sid; 'Como é que alguém faz isso?' Como isso pode acontecer? "

O casal então correu para a clínica para libertá-lo. As autoridades foram notificados e eles invadiram a clínica na terça-feira e apreenderam outros dois cães, que estavam lá como prova na investigação.

O Star-Telegram relatou que o Dr. Lou Tierce, o veterinário sob investigação, disse que as acusações contra ele são "um bando de besteira".

Ele disse que o casal Harris queria que ele sacrificar o seu cão, mas ele não teve coragem de fazê-lo. Ele também está dizendo que Brewer é uma funcionária insatisfeita, e por isso fez as acusações. Mas Brewer disse que ela tinha visto o suficiente e sair por causa da forma como os animais estavam sendo tratados na clínica.

Enquanto isso, Sid está sendo tratado por outros veterinários que determinaram que ele mostra sinais de que ele estava sendo usado abusivamente para transfusões de sangue, e tem sinais de sarna induzida pelo estresse, atrofia muscular e hérnia de disco nas costas, o que causou uma paralisia parcial. O cão terá que passar por uma cirurgia para reparar os discos.

O Veterinário Dr. Lou Tierce foi preso com um mandado acusando-o de crueldade contra os animais. E admitiu aos investigadores do estado que ele manteve cinco animais vivos depois de seus proprietários concordaram en sacrifica-los - incluindo um que ele manteve enjaulado por quase três anos.

Os documentos apreendidos demonstram que a eutánasia fora autorizada, devido a recomendação do Dr. Tierce

As condições na clínica do veterinário invadida eram "deploráveis".

Mais Três cães foram encontrados em situação, tão ruim que tiveram que ser humanamente eutanasiados. Um desses cães era um Border Collie, que segundo o veterinário, era dele. Horrivelmente, esse cão foi encontrado no chão da sala de exame com uma perna faltando, uma perna deslocado e dois ombros deslocados e uma série de problemas médicos. Um funcionário disse que o cão estava no mesmo local, sem ser tratado medicamente desde 02 de junho de 2013, quando ela começou a trabalhar na clínica.

As revelações chocantes vieram depois que ele foi preso. Tierce tinha licença de veterinário desde 1966. Sua licença veterinária foi suspensa até que uma audiência é realizada pela junta médica veteirnaria.

Sid, conseguiu se salvar graças a compaixão da funcionária da clínica veterinária, pelos animais. Ele por sua vez, está novamente sendo acariciado e amado por sua família humana, e as sessões de fisioterapia, estão fazendo muito bem a ele, de acordo com o advogado do casal Harris.

Fonte: DogHeirs

12 de mai de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário