27 de jun de 2014

“A Impunidade gera a revolta e a revolta desencadeia a violência”. #PensamentoAnimal

Novamente na cidade de Delmiro Gouveia em Alagoas, um cachorro foi esfaqueado, mas dessa vez o agressor recebeu primeiro a punição da população, antes de receber a das frágeis leis brasileiras.

Agressor que Esfaqueou Cachorro é Espancado por Moradores

O acusado, Genivaldo Jesuíno da Silva, conhecido como ‘Babão’, é acusado de esfaquear o cachorro de Rejane Ferreira da Silva. O agressor desferiu golpes de faca contra o animal e ao perceber que o cão estava ferido a dona do cachorro acionou a polícia. Ao chegar no bairro Área Verde, em Delmiro, a polícia percebeu que a situação havia saído de controle. Antes da chegada dos policiais, os moradores se revoltaram contra Jesuíno e espancaram-no com socos e pontapés.

O acusado foi levado à unidade de saúde mais próxima e depois de receber atendimento médico foi levado à delegacia da cidade onde prestou esclarecimentos e foi liberado em seguida.

Segundo informações repassadas pela polícia, Jesuíno deve responder por maus-tratos contra animais. A pena varia de três meses a um ano de reclusão e multa. As motivações do agressor não foram esclarecidas pela polícia. A notícia divulgada pelo portal Alagoas 24hs, tive uma foto ilustrativa que não era do cachorro agredido.

Já ‘Delegado’, o cachorro que foi esfaqueado anteriormente, recebeu esse nome porque foi pedir socorro na porta da delegacia. Conforme apurou o Minuto Sertão, o animal apareceu muito abatido na porta da delegacia regional da cidade com um corte na região peitoral, ferimento tão violento que deixou à mostra alguns de seus órgãos vitais. O cão foi acolhido pelos policiais de plantão que acionaram um médico veterinário para realizar o socorro do animal que foi removido para uma clínica.

Ao analisar a situação do cachorro, o veterinário informou aos populares que o animal vai precisar passar por um processo cirúrgico que custaria cerca de R$ 800, mas o profissional decidiu cobrar apenas R$ 450 para cobrir despesas materiais.

Algumas pessoas acreditam que, mesmo por instinto, o cão foi à delegacia para pedir socorro e por isso passaram a chamar o animal de “Delegado”.

O portal Minuto Sertão em parceria com o programa jornalístico Radar 89, da Rádio Delmiro FM, realizam uma campanha na emissora afim de arrecadar fundos para pagar a cirurgia que pode salvar a vida do animal.

“Delegado”, surpreendeu até mesmo ao médico veterinário Dr. João Batista Queiroz, ao resistir à gravidade do ferimento que deixou seu coração, principal órgão vital, à mostra. Conforme o profissional, o processo cirúrgico foi um sucesso e a recuperação do animal está sendo mais rápida que o esperado.

Depois de sua liberação, o Minuto Sertão ficou responsável em encontrar uma pessoa que queira responsavelmente adotar o cão. Os interessados devem entrar em contato também com Ítallo Timóteo, repórter do portal que ficou responsável pela mobilização social e autor das fotos.

27 de jun de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário