11 de mar de 2011

Um cachorro que deveria viajar de Porto Alegre ao Espírito Santo através da empresa Gollog, o serviço de cargas da Gol, desapareceu em 02/03/11. A dona do animal, Nair Flores, tinha como destino Guarapari, no litoral do Espírito Santo, onde faria uma visita a sua filha.

golcadeopinpoo
Nair decidiu enviar o cão pela Gollog após descobrir que a Azul, empresa aérea pela qual viajou, não transportava animais com 9 kg. "Eu o coloquei em um voo combinado para chegarmos juntos no Espírito Santo", disse. Ela que pagou R$ 684,00 pelo serviço.
A notícia do desaparecimento de "Pinpoo" veio durante uma escala do voo de Nair em Confins, Minas Gerais. "Quando liguei o celular, recebi um telefonema do meu tio, que é advogado, avisando que ele havia sumido", lembra. O tio de Nair foi quem levou "Pinpoo" ao aeroporto de Salgado Filho, em Porto Alegre, de onde o cão partiria com destino à Vitória.
Ao chegar no Espírito Santo, Nair foi até o balcão da Gollog com sua filha e seu genro para pedir mais informações. Os funcionários da empresa alegaram não saber nada a respeito do animal. Desesperada com a situação, ela antecipou sua volta para casa, que deveria ser apenas no dia 15 de março.
"A Gollog disse que a culpa não é deles, e sim da empresa terceirizada que leva seres vivos até os aviões", declarou Nair. A empresa afirmou ainda que está sendo bastante pressionada, mas prometeu à prejudicada que a levará na manhã desta sexta-feira, 11, até o aeroporto Salgado Filho para que ela possa procurar o animal.
A dona nutre esperanças de que o encontrará, uma vez que o cão a reconhece pela voz. "Pinpoo" faria 11 meses este mês e era filhote dos cães da filha de Nair. Ele foi assim batizado pois é uma mistura das raças Pinscher e Poodle, ela também registrou um boletim de ocorrência sobre o sumiço do animal.
Para Nair, a sensação é de um filho sequestrado. "Não acredito que ele esteja no aeroporto. Ou morreu ou foi roubado. Ele é bem amistoso, gosta de colo. É um cão caseiro, não sabe viver sozinho. Alguém pode ter levado."
'Pinpoo' mescla as raças pincher e poodle, por isso tem este nome, e fará 11 meses neste mês.
O animal foi doado a Nair pela filha, para substituir o cão que ela perdeu em janeiro. A aposentada pretende acionar a Justiça, caso não encontre o bicho.
Segundo informações da Gol, 'Pinpoo' passou por todos os procedimentos previstos pela legislação, mas no trajeto para o avião forçou a grade da embalagem que o transportava e fugiu para a área restrita do Aeroporto Salgado Filho.

Pimpoo na Caixa de Transporte - Foto tirada no aeroporto durante a lacração da mesma
Pimpoo na Caixa de Transporte - Foto tirada no aeroporto durante a lacração da mesma.
Em nota, a Gol informou que está "apurando o ocorrido e prestando apoio à cliente, com quem tem mantido contato a todo momento". A empresa também afirma que "em todas as etapas do processo de transporte do animal, cumpriu com rigor não apenas seus procedimentos e controles internos, mas a legislação vigente". O comunicado ainda destaca que "desde o início das operações da Gollog em Porto Alegre, em fevereiro de 2001, nunca registrou um único caso de animal extraviado no aeroporto da cidade."

E-mail da Dona Nair enviado ao Blog “O Grito do Bicho”
"O meio mais seguro de enviar um animal é por avião? Não pela Gollog (serviço de transporte da Gol). Paguei quase 700 reais para enviar meu cãozinho de 10 meses, desacompanhado, porque a empresa que eu iria não transportava animais com 9 kg. Receberam o dinheiro, lacraram a caixa, fotografaram e, a partir desse momento, a responsabilidade ficou por conta da Gollog.
O acontecido ocorreu dia 2 deste mês em Porto Alegre, quando eu combinei horários para chegarmos um próximo do outro, ele sairia de lá às 18h30. Acontece que até agora ele não chegou, nem cão e até a caixa.
Ainda em voo, eu recebi a notícia por telefone. Fui direto à Gollog de Vitória (ES), onde constataram que realmente o cão havia sumido.
Meu “pinpoo” foi criado como criança, não tem experiência nem resistência para ficar um dia ao relento.
Os dados do voo são:
O número do voo: 1287
Chegada em Vitória: 23h50
Nº do conhecimento: 2426084-3
Eu estava desesperada ao telefone e eles ironizando diante da minha dor. Por favor, repassem esta mensagem, pois ele poderá estar em qualquer estado.
Estou atualmente na casa da minha filha em Guarapari (ES), na Rua Cachoeiro de Itapemirim, bairro Ipiranga. Desde já obrigada.
Nair Flores
nairefe@hotmail.com

MILITÂNCIA EM AÇÃO CONTRA A GOL QUE SUMIU COM UM CÃO NO AEROPORTO DE POA/RS
Escrito por Sheila Moura do Blog “O Grito do Bicho”
É claro que não vamos ficar calados diante desta situação, tô certa? Vamos comunicar isto ao Presidente da Gol, Sr. Constantino Oliveira Jr, e exigir que o atendimento GOLLOG (serviço transporte de cargas) de Porto Alegre, dê conta do cãozinho que a Sra. Nair entregou mediante pagamento para transporta-lo em segurança.
A situação dramática que desde o dia 02 é enfrentada pela responsável do cãozinho e por todos nós que atuamos na defesa dos direitos dos animais, merece uma RESPOSTA IMEDIATA nem que seja para mostrar o cadáver do animal que possa ter morrido por algum acidente interno da própria empresa em Porto Alegre
Além de pedir a resposta imediata do Sr. Constantino, vamos notificar, também, a ANAC para que haja a devida punição da GOL referente a este imperdoável sumiço deum ser considerado da família da Sra Nair. Vamos fortalecer o BO deste caso, feito no 9° DP de Porto Alegre, que poderá usar nossa manifestação na abertura do Inquérito.
Evidentemente, o Superintendente da Infraero, Jorge Herdino, vai estar copiado.
Para completar, vamos mandar este manifesto para o concorrente da Gol, que é a TAM. Aliás, fiquei encantada porque em seu site tem uma comunicação direta com o presidente da empresa sem problemas. Gente, eu gastei a manhã inteira para saber onde a Gol tem suas bases já que no site não diz nada. Não foi mole!!!! gastei muito dinheiro de telefone, sabiam? mas, missão cumprida.
Claro que podem escrever com suas próprias palavras, mas, se quiserem a sugestão de texto, aí vai:
ctyuan@golnaweb.com.br
c/c - presidencia@anac.gov.br; poa-dp09@policiacivil.rs.gov.br; poafk@golnaweb.com.br; jherdina@infraero.gov.br; atendimento.fale@tam.com.br; falabicho@falabicho.org.br

pimpoo_nair
Fonte-Fotos: Blog “Grito do Bicho”
Fonte2: Estadão

11 de mar de 2011
comments powered by Disqus

Comentário(s)

3 comentários:

  1. Vou repassar para toda minha rede no brasil inteiro para que possamos precionar a Gol para um final feliz nesta história.

    Att,

    Waldecir A. da Silva

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que ele foi encontrado!!!
    O coitadinho devia estar com muito medo!

    ResponderExcluir
  3. A Tam também deixou um gato escapar que ia para o Rio de Janeiro, mas a dona não divulgou e viajou sem encontrar o seu gato.

    ResponderExcluir