7 de out de 2014

Os vinte filhotes de cachorro, com idades variando entre 3 e 6 semanas de idade, e que provavelmente seriam usados como isca para coiotes, estavam espalhadas dentro de pequenas caixas em um campo, próximo da vila canadense de Glaslyn.

Cãezinhos usados como isca são Resgatados por Caçador

O caçador Greg Zubiak, que subia a colina para caçar alces, foi avistando as caixas e os animais, comentou;

"Enquanto eu subia, todos eles meio que me olhavam e nesse instante a minha caçada que nem havia começado tinha terminado. Eu apenas disse, 'OK, vamos lá', e assim que eu disse isso, todos eles vieram correndo para cima de mim."

Em uma reviravolta irônica, Zubiak fez a única coisa que conseguia pensar: ele derramou a engrenagem que ele geralmente usa para caçar animais e é usado em vez de salvá-los. Ele colocou os filhotes em uma caixa em seu caminhão, envolto por suas roupas de caça.

Ele levou os filhotes ao  abrigo de animais da Humane Society de Battleford, onde eles receberam além da comida, alguns tratamentos contra pulgas muito Em uma mensagem no Facebook , o abrigo escreveu:

“Esses bebês vieram para o abrigo  na noite passada. Eles foram encontrados por um caçador em várias caixas espalhadas por toda a área, provavelmente sendo usado como isca coiote.”

Eles agora estão a salvo, e o abrigo tem recebido mensagens de centenas de pessoas e organizações que se oferecem para doar alimentos, roupas e adotar os filhotes.

Nota do Blog: Em países civilizados, com pessoas civilizadas e engajadas na proteção dos animais é assim! Quando alguém acha um animal abandonado, ferido, pode resgatá-lo e levá-lo ao abrigo mais próximo – porque abrigos são para abrigar! Abrigos de animais SERVEM para dar uma REAL CHANCE do animal se recuperar e encontrar um novo lar. Nem todo mundo tem condições de resgatar um animal e levar para sua casa, o que dirá levar 20 filhotes! Infelizmente no Brasil – muitos ditos protetores de animais SÃO CONTRA A CRIAÇÃO DE ABRIGOS DE ANIMAIS. E graças a essas pessoas os animais continuam nas ruas, procriando, sendo atropelados, espancados. Sem  abrigos não há estatísticas e portanto NÃO HÁ políticas públicas para os animais. #FicaaDica

7 de out de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário