8 de jan de 2015

(Vídeo) As imagens de uma cadela empurrando um homem em uma cadeira de rodas, chamaram a atenção do mundo para o caso, que poderia ser tanto de exploração, como de cooperação humano-animal.

Cadela ajuda tutor Cadeirante

Mas apesar do que anda sendo ‘divulgado’, o chinês Laoma Yen que alguns sites nomeam como Ma’nao, não precisa da cadela que mesmo assim - aprendeu sozinha a ajudar seu tutor a se locomover na cadeira de rodas, que ele mesmo construiu.

A TV fez uma matéria recente, que pode ser vista no vídeo abaixo, onde o morador de rua conta que vive nas ruas, e quando não consegue trabalho como sapateiro ou engraxate, pede esmolas ou vai aos restaurantes a procura de restos de comida. 

O chinês afirma que ele nunca treinou seu animal de estimação para empurrá-lo na cadeira de rodas.

Laoma Yen disse à mídia local: "Eu fiquei preso uma vez, e estava tentando se mover para a frente até que fiquei preso em um declive escorregadio e lamacento quando de repente senti que alguém estava me empurrando por trás."

"Quando eu olhei para agradecer, eu vi o cão me empurrando e fiquei realmente surpreso, mas também muito grato. 

"Eu dei a ela um monte de elogios e, em seguida, desde então, toda vez que estou mais lento, eu recebo um empurrão extra da minha melhor companheira."

Laoma encontrou a cadela abandonada na rua, mas apesar disso já ter acontecido há dois anos, ele ainda não havia lhe dado um nome até a agora.

Paralisado da cintura para baixo após um acidente de carro quando era criança, Laoma disse que ele tinha conseguido trabalhando como sapateiro há anos, mas que sem trabalho ele tinha começado a mendigar para sobreviver.

Mas ele admitiu que, apesar de ele não ter uma cadeira de rodas elétrica, com a ajuda de seu cão de estimação ele  conseguiu vencer até mesmo os obstáculos mais difíceis. Ele percorre todos os dias cerca de um quilômetro para chegar a barraca de rua, onde trabalha usando a cadeira de rodas, que ele mesmo construiu, e que a cadela está sempre ao seu lado.

Ele disse: "Desde que a história foi parar nos jornais e na TV, a cadela foi batizada de Big Yellow, e está cada dia mais entusiasmada para ir para o trabalho! É porque quando chegamos áo local, seus fãs estão esperando com diversas comidas e guloseimas que ela adora. 

"Devo dizer que se ela continuar a comer assim, deve provavelmente precisar também de uma cadeira de rodas para suportar seu peso”, brincou o chinês ao Daily Mail.

Com a repercussão do caso o Governo Chinês lhe concedeu o seguro social, no qual ele vai receber 60 yuans = US $9,8 por mês, informou a CCTV News.

 

8 de jan de 2015
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário