12 de fev de 2015

Com temperamento social e pacífico, limpo e sem produzir mau cheiro, e sem exigir muito espaço, o gerbo também conhecido por gerbil, ou  esquilo-da-mongólia (Meriones unguiculatus) é vivaz, dócil e de boa adaptação.

chuchu_adote-pets

Aparentemente ele é fisicamente similar ao hamster,  no entanto alguns cuidados são muito diferentes. Se trata de um animal com muito caráter que, quando se sente mimado e querido se comporta amistosamente, e relaciona-se bem com seu tutor.

Devem ser criados em pequenos em pares, evitando-se criar um gerbo sem um companheiro. O ideal é dois machos ou duas fêmeas, pois reproduzem-se continuamente.

O Roedor, tem um com um consumo médio diário de cinco a oito gramas para cada 100 gramas de peso do animal. Pela característica da espécie, seus dentes incisivos precisam ser desgastados, pois crescem continuamente. Galhos ou cascas de árvores ajudam no controle e distraem o animal.

Muito vivaz, o esquilo não para quieto. Gosta de fazer ninhos com qualquer material que encontra pela frente, diverte-se com brinquedos e sobe e desce rampas, quando disponíveis. O animal se entretém até com rolo de papelão vazio de papel higiênico. De dia ou à noite, o esquilo-da-mongólia tem como hábito alternar períodos de vigília com descanso. A expectativa de vida do bichinho é de apenas três anos, com possibilidade de atingir, no máximo, quatro anos.

AMBIENTE - o local de criação do esquilo deve ser de clima ameno. A temperatura recomendada é por volta de 23 graus célsius. Escolha uma área arejada e sem ventos fortes para instalar as gaiolas. Não exponha os animais ao sol, pois eles têm pouco tolerância. Evite dar tecidos, algodão e plásticos, pois ele pode ingerir e morrer por obstrução gástrica.

CUIDADOS - para evitar problemas sérios de saúde como a pneumonia, o esquilo-da-mongólia não deve tomar banho com água. Disponibilize uma pequena banheira com pó de mármore ou bicarbonato para que ele tome banhos secos. É importante, no entanto, manter o cantinho dele sempre limpo. Retire a sujeira mais grossa e, em seguida, limpe com um pano úmido. Passe mais uma vez um pano com álcool. Como o esquilo é roedor, atenção quanto ao que deixar ao alcance dele. Madeira de cedro ou pinus não é recomendada, pois contêm substâncias tóxicos ao esquilo. A qualquer sinal de doença no animal, deve-se procurar um médico-veterinário para orientação.

ALIMENTAÇÃO – Deixe alimento disponível o tempo todo. Ele se alimenta de sementes e grãos de cereais, vegetais frescos e frutas. Amendoim cru, ervilha, grão--de-bico e sementes de girassol e insetos, são algumas das opções. Há ainda alimentos próprios para esquilos no mercado varejista. Água limpa não pode faltar.

Ajude o Chuchu e outros animais a encontrarem um lar. O Adote Pets é um aplicativo mobile  gratuito criado para auxiliar as ONG’s, protetores e pessoas físicas a encontrar pessoas que estão em busca de um animal de estimação.

Adote, adotar é mais legal!

12 de fev de 2015
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário