26 de jul de 2015

A história de três filhotes de cães que foram jogados em uma poça de alcatrão têm sido amplamente divulgada pelas redes sociais e a indignação pelo maltrato se espalhou por todo o mundo.

caes-piche

Os animais foram resgatados no dia 18/07,  por um morador que passava pelo local e ouviu o latido desesperado dos animais. Ele pediu a outro transeunte que o segurasse, porque existia a possibilidade de que ele também caísse na vala oleosa. O local é cercado apenas com cordas, e os vizinhos afirmam que é um lugar "perigoso".

Os filhotes foram levados a uma clínica veterinária, onde receberam banhos com óleo e detergente durante várias horas, e mesmo assim ainda exibiam os vestígios do betume ou alcatrão, que é a designação genérica atribuída ao líquido viscoso, espesso e pegajoso que é obtido a partir da destilação de certos materiais orgânicos, especialmente carvão e petróleo.

Os três filhotes com menos de cinco meses de idade, são uma mistura da raça Galgo e Spaniel. Duas raças muito utilizadas por caçadores ​​para capturar presas como lebres, coelhos e perdizes nos campos de Cartagena.

Apesar das tentativas para salvá-los, um dos filhotes morreu e os outros dois ainda têm alguns vestígios da substância química dentro de seus corpos.

No vídeo abaixo, fotos dos cães antes e depois da retirada do alcatrão de seus corpos.

Os dois filhotes que sobreviveram, um macho e uma fêmea, foram submetidos a vários testes clínicos, e os veterinários informaram que todos os resultados estão sob os parâmetros apropriados. Hoje eles são novamente repetindo exames, tanto nos rins e no fígado, porque os cães têm estado até mesmo expulsando o óleo viscoso através do nariz e defecando esta substância tóxica.

A Presidente da Federação de Proteção Animal - A Portalico, Amparo Marín, que agora está cuidando dos cães disse que; "Vamos comunicar ao proprietário do terreno pela insegurança na área e pelos danos ambientais.". A entidade sem fins lucrativos abriga atualmente cerca de cinquenta cães e já tem adotantes interessados em adotar os dois cães que receberam o nome de Chapa e Pote.

A Guarda Civil está investigando se alguém jogou os cães intencionalmente na lagoa de alcatrão em Múrcia, Cartagena/Espanha, onde os três filhotes foram resgatados.

26 de jul de 2015
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário