27 de mar de 2011


Novas revelações do vídeo que comoveu pessoas de todo o mundo, e sobre o resgate dos cães.
Slide12_thumb1
Todos que se emocionaram com o drama dos cães, ficaram aliviados, quando a notícia de que eles haviam sido resgatados pelo Sr. Kenn Sakurai foi divulgado.
Entretanto passados 10 dias da filmagem do vídeo, e da informação passada, o Sr. Kenn Sakurai, se recusa a informar a mídia, ou a qualquer dos outros grupos de protetores locais ou a entidades de proteção animal internacionalmente conhecidas o paradeiro dos cães. Não divulga nem fotos do resgate, ou fotos atuais dos cães em algum veterinário ou abrigo.
Antes mesmo do Sr. Sakurai ter divulgado em seu perfil no facebook ter resgatado os cães do vídeo, o Grupo JEARS - Japan Earthquake Animal Rescue and Support , havia enviado voluntários ao local para o resgate dos cães, de onde estavam as voluntárias demoraram algumas horas para chegar a área de Arahama, mas no local somente encontraram pegadas e nenhum cão. Elas também estiveram no único abrigo próximo e não encontraram nenhum cão parecido com os do vídeo.

Slide13_thumb  Slide14_thumb
Slide15_thumb  j01_thumb
O site Global Animal, conseguiu uma entrevista com o Sr. Sakurai que continua afirmando ter resgatado os cães, mas que não vai passar informações sobre eles, por ter prometido isso aos socorristas e ao veterinário, e porque não considera válido a preocupação somente para esses dois animais, quando há ainda tantos mais precisando de auxilio, e que as doações que ele pede não são para os cães do vídeo mas para outros animais.
O site Global Animal também tentou por diversas vezes contato com os repórteres da TV Fuji, sem sucesso, e no dia 24, recebeu uma resposta por e-mail emitido pela secretária FujiTV Internacional:
Fuji Television tem recebido inúmeras consultas sobre os dois cães que a nossa equipe de filmagem encontrou nas ruínas do terremoto/tsunami. Como explicamos em nosso noticiário, pouco depois, ambos foram resgatados por um grupo de proteção animal que tem o conhecimento profissional a respeito de resgate de animais.  O cachorro marrom está indo muito bem. O cão branco era muito fraco no início, mas lhe foi dada uma injeção IV ,e atualmente está com um veterinário. Ambos os cães tinham microchips, e seus respectivos responsáveis foram identificados. Muitos animais de estimação ainda estão encalhados nas ruínas à procura de seus responsáveis. A Fuji Television está aliviado que o nosso filme chamou a atenção dos nossos telespectadores, e que culminou no resgate de pelo menos esses dois cães.
 

Dois ou três cães

Slide1_thumb3
Uma nova revelação notada por uma minoria de pessoas que assistiram ao vídeo, é a de que haveriam três cães na filmagem inicial; o cão ou cadela malhado que vai ao encontro do repórter, o cão branco que está deitado abaixo de um tambor do lado esquerdo do vídeo e um cão preto, também deitado ao lado direito da tela, aonde é possível ver seu contorno e suas orelhas.
Sobre esse terceiro cão preto, nem o Sr. Kenn Sakurai, e nem a TV Fuji, dizem algo ou mencionam sua existência.
 

O vídeo dos cães

Em 15 de Março, quatro dias após o terremoto e a tsunami que atingiram a região norte do Japão, uma equipe da TV Fuji, que estava filmando a devastação na região de Arahama em Sendai flagrou um dos vídeos mais comoventes sobre a solidariedade dos animais, um cachorro, ao lado de outro cão que não se mexia e que parecia estar morto, mas o primeiro cão parece “animar” e "abraçar" o outro que se levanta.
O vídeo mostra o repórter caminhando pela cidade destruída pelo tsunami quando se depara com um cão malhado de cor marrom. O cão vai em direção ao repórter e seu cinegrafista. O cão malhado dá algumas indicações do que precisa, mas o repórter parece não entender o animal. O cão inclusive vira-se de costas e late, como dizendo: – “Siga-me”.
Percebendo que não estava sendo entendido, o cão malhado vai até o cão branco, e o cheira por diversas vezes, como se estivesse tentando acordá-lo. Especialistas em comportamentos caninos que viram o vídeo chegaram a firmar que o cão malhado sentou em cima do focinho do cão branco e urinou sobre ele para anima-lo, o que demostraria tratar-se de uma fêmea, e que o provavelmente tratava de uma mãe cuidado de sua cria adolescente.
Slide8_thumb1    Slide10_thumb1
-"Será que está morto?", pergunta o repórter. Só então, o repórter se dá conta de que o cão malhado está chamando sua atenção para que eles auxiliem o cão branco, que parece estar desfalecido, o repórter se emociona ao ver a lealdade do animal, que não abandona o parceiro ferido.
É incrível como eles sobreviveram ao terremoto e ao tsunami", fala o repórter, com a voz embargada.
Veja um novo vídeo dos cães, com legendas em português e em inglês e com a inserção dos fatos ocorridos nestes 10 primeiros dias, os quais ainda mantém pessoas de todo mundo apreensivas quanto ao paradeiro e bem-estar dos cães, sejam eles quantos forem.


Enter video caption here






27 de mar de 2011
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Um comentário:

  1. Só um comentário me vem agora:
    Será que reporteres agem sempre assim , sem manifestação de ajuda,simplesmente estão para filmar,filmar e,fazer sucesso com a desgraça alheia?? .Que seja mostrado enfim, uma reportagem seja feita mas, que todos os repórteres se conscientizem ,quando estiverem junto a necessidade de auxílio , FAÇAM!!
    Márcia Monteiro

    ResponderExcluir