25 de jul de 2013

As pessoas atacadas estavam em locais com identificação sobre o risco.

Vale lembrar também que foi construído um enorme porto no Sul do Recife, as embarcações jogam restos de peixes e animais marinhos no mar formando um grande rastro de sangue, com isso eles acabam seguindo as embarcações e se aproximando da costa.

tubarao-vitima

Primeiro; as pessoas atacadas estavam em locais com identificação sobre o risco.

Segundo; no Recife ocorrem ataques constantemente, agora por que diabos você vai querer entrar na água?

Terceiro; o mar não nos pertence, essa é a casa deles e devemos no mínimo respeitar.

Quarto e mais importante; os tubarões não atacam pessoas porque são monstros maldosos ou assassinos, eles estão com fome, e se estão com fome é porque não tem comida e se não tem comida tem alguma coisa errada.

Ah! vale lembrar também da destruição dos mangues nas proximidades do porto, onde as fêmeas iam parir os filhotes, agora elas não tem onde fazer isso então seguem para costa.

tubarao-mar

Engraçado, parece que o grande monstro da história não são eles.

Respeite a vida marinha.
Respeite para ser respeitado!

Fonte: Beatriz Frada

Proibição de banho de mar em Boa Viagem é rejeitada

Após reunião na manhã desta quarta-feira (24) o governo do estado, juntamente com o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), Instituto Oceanário, Corpo de Bombeiros, Polícia Científica e especialistas ambientais, decidiu que a recomendação do Ministério Público de proibir o banho de mar em Boa Viagem é inadequada.

Segundo o secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, faltam elementos técnicos que permitam a adoção da medida. “Essa recomendação tem problemas constitucionais porque priva do direito de ir e vir e tira mais uma opção de lazer. O entendimento é de que as políticas adotadas hoje são as mais adequadas”, afirmou. Convidado para o debate, o promotor do Meio Ambiente Ricardo Coelho  não compareceu à reunião.

A recomendação surgiu ontem, após confirmação da morte de Bruna Gobbi, 18, vítima de ataque tubarão na última segunda-feira (22). O documento quer proibir o banho de mar nos trechos mais perigosos das praias da Região Metropolitana do Recife, em especial a de Boa Viagem, que lidera o ranking, com 24 ataques (quatro em cada dez). Antes disso, o Cemit identificaria, por meio das estatísticas contabilizadas desde 1992, os locais mais vulneráveis aos ataques. Ontem, o promotor adiantou que se o estado não acatar a recomendação, será dada entrada em uma liminar na justiça.

A presidente do Cemit, Rosangela Lessa, reforçou, entretanto, que a proibição do banho não é a medida mais adequada. “Faltou conhecimento de como o Cemit atua”, disse. Ela lembrou ainda que o projeto para colocação de telas temporárias continua em tramitação. Essa proposta prevê a colocação de telas apenas durante temporadas de esportes aquáticos. 

Fonte: Diário de Pernambuco

25 de jul de 2013
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário