30 de out de 2013

Segundo alguns moradores do local, dois homens estavam bebendo e combinando sobre uma forma de matar o cachorro.

Então pegaram o animal e amarraram com uma corrente e penduraram em um muro. Em seguida começaram a agredir o animal que não conseguia se defender.  Imaginem o sofrimento do cachorro a sua angústia para se defender e não conseguindo, visto que, estava amarrado.

Homens que espancaram cão até a morte foram

O cachorro foi levado ate clínica veterinária para ser medicado, sendo examinado pela Dra Michelli Prato.Ao examinar o cachorro verificou que este apresentava vários ferimentos e a cabeça quebrada. Tendo em vista este quadro, houve a necessidade de sacrificar o pobrezinho do cachorro.

O caso ocorreu em 27/09/13, quando a voluntária da SPAG (Sociedade Protetora dos Animais de Guarapuava), Gilmara Kluber, recebeu um chamado da Polícia Militar relatando que dois homens teriam espancado um cachorro da raça chow chow. Chegando até o local, as voluntárias Gilmara e Ivonete encontraram os agressores dentro da viatura da policia militar, e avistaram o cachorro todo machucado.  Os agressores bateram no cachorro com pedaço de madeira, barra de ferro e enxada.

Agora aos criminosos foram presos, e responderão pelo crime de maus tratos aos animais e também por ameaças às voluntárias da SPAG.

Spag atende quase um caso por dia de maus tratos

As maiores vítimas são os cães, por serem os animais domésticos mais comuns nos lares e também os mais corriqueiros entre os abandonados nas ruas. Mas mesmo os cavalos ainda sofrem com a exploração excessiva, sendo frequentemente usados para puxar carregamentos sem as condições mínimas, como alimentação e água suficientes, ferraduras adequadas e carga de trabalho compatível com o porte do animal.

Para colaborar com os animais resgatados pela SPAG, visite-os no facebook

SPAG

Fonte: Dognei,

30 de out de 2013
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário