6 de out de 2014

(Vídeo) Você sabe o que é Endogamia ou Onicectomia? Mas você já deve ter ouvido falar de bexigas e sabe o quanto elas podem ser perigosas.

Dizem que a verdade sobre um fato tem sempre três lados:
1) o lado de quem conta a história;
2) o lado de quem é o objeto da história;
3) o lado verdadeiro mesmo.
3-ariel

Mas não se preocupe pois os “Tigres e Leões de Maringá” já foram salvos pela Advocacia Geral da União, que pediu para o IBAMA ir lá e buscá-los!

Onicectomia ou Ablação das Unhas

A justificativa para retirar a unha de um felino é a auto-proteção dos humanos. O que não é tão conhecido é o fato de que isso corresponde a amputação de toda a falange distal onde estão alocadas as suas garras. Imagine ter um corte no pé e ficar em pé e andar… você irá usar apenas o pé que não está cortado, certo? Agora imagine que os 2 pés estão cortados.

Cada amputação elimina a unha e o osso, no qual esta se encontra firmemente enraizada, já que apenas expondo a garra não se consegue ver a articulação. Pode ocorrer abscessos nas falanges restantes ou infecção dos tecidos adjacentes. Infecção em osso é um muito sério, e acaba por comprometer a medula óssea, levando a paralisia. 

Dentro das unhas ou garras existem um vaso razoavelmente grosso, que quando cortado provoca hemorragia severa. A extração desta parte do corpo do animal compromete toda a sua postura corporal. Retirá-las é como obrigá-lo a andar com um sapato torto para o resto da vida. As garras servem para inúmeras funções e a falta desta habilidade pode ter impactos severos sobre o psicológico do animal.O stress constante de estar indefeso pode trazer distúrbios físicos e mentais para o felino.

A cirurgia mutila seriamente uma parte delicada do corpo do felino, e pode trazer inúmeras complicações que mais tarde podem resultar em deformidades, amputação de membros e até morte. Alguns animais adquirem uma postura anormal devido a dor, outros aprendem a andar só nas patas traseiras, mas e quando mandam remover as garras das 4 patas. O animal conviverá com a dor pelo resto da vida.

Esta cirurgia é considerada crime nos principais países da Europa, é proibida no Brasil desde 2008, através da  Resolução 877 do CFMVET e a Lei de Crimes Ambientais N° 9.605

A única função desse crime disfarçado de cirurgia é evitar que o animal arranhe as pessoas.


Endogamia – Cruzamento de animais da mesma família
As doenças genéticas mais comuns são:

  • Má formação fetal e consequente aborto;
  • Epilepsia, Displasia da anca, Glaucoma, Catarata, Cegueira e Surdez;
  • Abortos, morte neonatal e fetal;
  • Hérnia; umbilical e cerebral - abertura no crânio;
  • Problemas cardíacos; espasmos letais congênitos;
  • Membros Curvos ou amputados ou órgãos que nunca se desenvolverão corretamente;
  • Hipoplasia de ovário ou testículo;
  • Diminuição da fertilidade; diminuição da expectativa de vida; Doenças Degenativas
- Ariel nasceu em 2008, filho de um casal de leões comprados pelos donos de um canil.(Fonte: Uol).

- Ariel nasceu, depois de dois filhotes nascerem de parto normal e morrerem (Fonte: G1)

- Documento registra que leão furtado foi doado em 2009, diz delegado. (Fonte: G1)

- Zoo constata que Rawell, o leão sequestrado tem uma infecção, que deve ter causado dores ao animal nos últimos 6 a 8 anos. (Fonte: G1)



Leia também
maringa-tigres_thumb[1]
3-ariel_thumb[1]
rawell_leao_furtado_thumb[1]
ibama-tigres-maringa1_thumb[1]
interditado_thumb[1]
1tigresas_thumb[1]
selfie-tigres_thumb[1]
tigre cauda_thumb[1]
Rapaz bêbado pula muro Zoo da Índia e_thumb[1]
Garoto Provoca Leão e Tigre e Perde o_thumb[1]

6 de out de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário