7 de jan de 2015

A cena onde vários PM’s tentavam segurar um homem para prendê-lo, enquanto um cachorro começa a latir desesperadamente, e é por duas vezes chutado pelos policiais, está causando revolta nas redes sociais.

cachorro_chutado_pms

O caso ocorreu no último domingo (5), e foi registrado em vídeo por um morador da cidade de Praia Grande, que acompanhou o caso e postou.

O homem detido é um conhecido cuidador de carros na avenida Av. Costa e Silva, boqueirao, que por algum motivo estava alterado, gritando, mas que não estava fazendo mal a ninguém, e os comerciantes da região dizem que também nunca souberam de nenhum delito dele..

Sobre o cãozinho dizem que é inofensivo e muito dócil, e era sempre visto com o flanelinha.

Pelo vídeo é possível ver que ele só estava latindo, e reparem que quando foi brutalmente chutado nem estava mais latindo, estava apenas olhando seu amigo humano ser preso.

Se o primeiro chute tivesse atingido o animal, provavelmente poderia tê-lo matado dependendo de onde pegasse ou se machucado seriamente, sem contar que não sabemos se o animal teve sequelas pelo golpe desferido nele, já que é possível ouvir seu grito de dor.

Representando a causa animal, o vereador Cadu Barbosa, recebeu o video, e está se mobilizando contra a atitude dos policiais em relação ao cachorro. “Vamos pedir providências para as autoridades. Faltou habilidade e preparo da polícia. Eles estavam algemando ele e o cachorro estava ali defendendo o amigo. Esse pessoal de situação de rua cuida muito bem desses animais”, afirmou ele.

Há um mês uma situação muito parecida, mas com um resultado bem diferente, demonstra bem a diferença entre os policiais ‘conscientes’ e os ‘despreparados’, quando durante a prisão de um morador de rua, seu cão pula na viatura.

Mas talvez a cena que demonstre o verdadeiro respeito a outras formas de vida, e que leva a compreensão de que os animais sofrem de preocupação, e se arriscam de fato, seja a dos Bombeiros que também são policiais militares, que se comoveram com o cãozinho que seguiu a ambulância de resgate.

O G1, informou que a Polícia Militar emitiu uma nota dizendo que toda a conduta do policial será apurada para verificação dos procedimentos operacionais padrão, dentro do contexto geral da ocorrência, sendo que qualquer inconsistência detectada será própria de responsabilização. A PM reforça ainda o compromisso com a defesa da vida, da integridade física e dignidade da pessoa humana, o que inclui o respeito a toda e qualquer forma de vida, e por consequência, o repúdio aos maus tratos aos animais, bem como a preservação do patrimônio humano.

caozinho_viatura_bombeiros Slide1[3]

7 de jan de 2015
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário