27 de jan de 2015

A mulher suspeita de afogar um filhote de cachorro no banheiro do aeroporto regional de Nebraska/Estados Unidos, foi presa por acusações de abuso de animais.

mulher_afoga_cao

O Sargento Stan Steele disse ao jornal The Independent, que a mulher proveniente da Flórida levou o cachorro Doberman de duas semanas de idade, ao banheiro do aeroporto, onde teria afogado o animal no vaso sanitário, depois de ter sido negado, o acesso a um voo, por causa da pouca idade do cão e por ele não ter uma caixa de transporte.

Cynthia V. Anderson, de 56 anos,  tentou primeiro embarcar em um vôo no aeroporto de Grand Island na quinta-feira, mas foi negado porque ela estava com três filhotes, que todos acreditavam ter entre duas semanas de idade ou menos, disse Steele. Anderson também foi viajou com outros dois cães pequenos, mas os cães eram de idade e tinham caixas apropriados para embarcar no vôo, disse ele.

Os pais de Anderson vieram de Nebraska, com dois filhotes de cachorro, e então Anderson novamente tentou embarcar em um vôo na sexta-feira, disse Steele. Ela ainda estava com outros dois cães de pequeno porte e mais um filhote de cachorro, que ela tentou esconder na bagagem de mão.

Depois que a mulher foi proibida de embarcar no voo da sexta-feira, ela foi vista entrando em um banheiro no terminal de passageiros do aeroporto. Depois ela foi vista saindo do banheiro e outro passageiro relatou a descoberta de um cachorro morto no banheiro.

Steele disse que a Central da Humane Society, encaminhou o cachorro morto e conduziu uma autópsia, que concluiu; "A causa da morte determinada foi afogamento", disse Steele.

27 de jan de 2015
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário