31 de ago de 2015

Ric O'Barry, o ativista e protagonista de “The Cove”, que ganhou o Oscar de melhor documentário em 2010, foi preso as 20:30 de hoje pelas autoridades japonesas. O documentário mostrou ao mundo o massacre de golfinhos que acontece em Taiji, cidade costeira do Japão.

obarry_freedom

Imagem-montagem do Mural Animal Blog

O’Barry que é também o fundador do Projeto Golfinho foi preso na cidade de Nachikatsuura/Wakayama, por suspeita de violar o regulamento do Controle de Imigração. Ele teria sido acusado de não ter um passaporte. De acordo com o ato, qualquer estrangeiro no Japão deve estar de posse de seu passaporte ou autorização de desembarque provisório durante todo o tempo que estiver no país.

Tanto a Embaixada dos EUA em Tóquio como o Departamento de Estado dos EUA foram contactados sobre a situação.

O'Barry, estava no Japão para protestar contra a matança anual de golfinhos, programada para começar amanhã (1 de setembro).

A caça aos golfinho acontece de 1 setembro - 1 março de cada ano em Taiji, no Japão.

Os golfinhos são mortos pela sua carne ou capturados e enviados para aquários para exibição em cativeiro.

Devido aos esforços de O'Barry, a caça tem recebido críticas internacionais devido a extrema  violência e crueldade contra os animais, assim como a preocupação com a toxicidade de sua carne para os seres humanos.

Participe das manifestações no twitter contra a matança de golfinhos e pela liberdade de O’Barry com as hastags; #OBarryFreedom #DolphinProject #TheCove #Tweet4Dolphins #OpKillingBay #OpSeaWorld

Fonte: Dolphin Project

31 de ago de 2015
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário