6 de mai de 2012

Rapaz de 21 anos já encaminhou mais de 2.500 animais para adoção
por Carolina Giovanelli - edição-2268 | 09/05/2012

Ao soar da campainha do sítio de Marcelo Vieira, em Mairiporã, na região metropolitana, a sinfonia de latidos, miados, cacarejos e arrulhos dá a pista ao visitante do que ele encontrará atrás do portão de madeira.
 

(click na imagem para ler)
 

São 68 cachorros, 33 gatos, cinco galinhas, um jabuti e dois pombos que disputam a atenção do dono. Um desses pombos, aliás, adquirido quando filhote e chamado de Jacques Leclair, gosta de dormir na cama com Marcelo. Todos foram resgatados pelo rapaz de 21 anos que atende pelo apelido de Marcelinho Protetor.
 
Nascido no bairro do Jardim Antártica, na Zona Norte, ele começou a cuidar de bichos aos 14 anos. Sua mãe havia sido despejada da casa em que viviam. Marcelo não quis ficar longe de seus xodós (dezoito cães), que não teriam espaço na nova residência. Decidiu, então, mudar-se para um barraco de madeira. Em 2009, quando já se tornara conhecido no meio dos defensores de animais, pôde comprar o sítio. “Tudo o que tive até hoje consegui graças ao amor que dei aos animais”, diz. “Vivo para eles e vou morrer fazendo isso”, completa o rapaz, que mantém o site www.marcelinhoprotetor.blogspot.com.br e conta com a ajuda gratuita de uma veterinária, Fernanda Conde.
 
Marcelinho promove eventos como rifas e bingos para arrecadar dinheiro e, aos sábados e domingos, das 14h às 19h, expõe cães e gatos na feira da loja Pet Center Marginal, no Pari. “Já encaminhei para a adoção mais de 2.500 animais”, orgulha-se.

FONTE : Revista Veja São Paulo



A VOCAÇÃO E A MISSÃO! O dia-a-dia na proteção animal

Um saco de ração de 15 kilos para cães, custa em média R$ 32,00, e para gatos custa R$ 50,00. O Marcelinho não tem nem carro, nem habilitação, e cada taxi-dog de sua chácara, que fica numa estrada de terra de Mairiporã até São Paulo, sai em média R$ 200,00. Para poder doar os animais que resgata, esses precisam ser castrados, alimentados, à grande maioria também tem que ser medicada e depois eles tem que ser vacinados, e as vacinas giram em torno de R$ 55,00 a R$ 85,00.



Se você quiser se voluntariar para ajudar o Marcelinho, seja com carona, ou na divulgação dos animais para doação, ou mesmo se voluntariar a ficar o dia inteiro nas feirinhas de doação, por favor, entre em contato.
 
O inverno já está chegando, e quem quiser doar caminhas, cobertores, casinhas, paninhos, toalhas para os animais do Marcelo, entre em contato.

Estou disponibilizando meus últimos adesivos “EU FREIO PARA OS ANIMAIS” por R$ 10,00 - para angariar fundos para a continuação do trabalho do Marcelinho, e todos os valores depositados nessa minha conta-poupança, será revertida ao Marcelinho. Fizemos isso (Eu e o Marcelinho), para facilitar para que as pessoas contribuam, já que é possível depositar em qualquer agência lotérica. Também estou disponibilizando os dados da conta do Marcelinho para quem quiser contribuir mensalmente com seu trabalho, que não termina nunca, já que os animais precisam comer todos os dias.



Caixa Econômica Federal ou Lotéricas -Banco: 104, Agência: 2880, Op: 013 -Conta-Poupança: 4424-8 – Nome Marli Delucca ou Banco Itaú (341) Agência 1664, Conta-Poupança Conj. 23418-2-500 – Nome Marcelo Viera da Silva, quem precisar do CPF favor pedir pelo e-mail.
 
Se você realmente gosta de animais, e admira quem faz um trabalho sério, com amor e alegria como o Marcelinho faz, não deixe de presenteá-lo, ele precisa saber que não está só nessa luta e que pode contar conosco quando precisa.
 
Se você preferir doar a ração, ou qualquer outra coisa que possa ser útil ao Marcelinho ou aos seus animais, entre em contato comigo por e-mail (mdproanimal@gmail.com), para que eu lhe forneça os endereços onde você pode entregar sua doação. Para falar com o Marcelinho Protetor, vá até o perfil dele no facebook (http://www.facebook.com/marcelinho.protetor), ou até a feirinha de doações de animais.

Veja os vídeos, com um pouco do dia-a-dia do Marcelinho Protetor.


.
 




Visite o Blog do Marcelinho Protetor

6 de mai de 2012
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário