28 de nov de 2013

Policiais da Delegacia do Meio-Ambiente foram hoje percorrer o mesmo trajeto gravado no vídeo-denúncia.

Pretinha, a cadelinha abandonada correu 4 Km, atrás de sua algoz que disse estar acompanhada de sua sobrinha durante o crime.

policia_encontra-mulher

O motorista que filmou disse na delegacia, ter voltado ao local busca do animal, após deixar em casa o filho recém-nascido que havia acabado de sair da maternidade.

Pretinha até agora não foi encontrada, pistas sobre o que pode estar se sucedendo a cachorrinha podem ser vistas nesse vídeo.

Vídeo-reportagem do Brasil Urgente com as revelações descritas nessa postagem.

Marcia Regina S., disse aos policiais que está arrependida de ter jogado pretinha na avenida (ela além de perder o emprego está sendo hostilizada por vizinhos e conhecidos).

Intimada a prestar depoimento, a dona de um cachorro que foi abandonado em uma avenida movimentada de São Paulo se apresentou nesta quinta-feira à Delegacia do Meio Ambiente, na zona sul da capital paulista. Ela foi chamada para explicar os motivos que fizeram a secretária abandonar o animal. A mulher alegou à polícia que adotou o animal há dois meses, mas quando ela ficou agressiva com visitas, decidiu expulsar a cadela de casa. A mulher vai ser responsabilizada pelo crime de maus tratos de animais e se condenada, a lei prevê de três meses a um ano de detenção, mas a punição deve ser transformada em penas alternativas. Arrependida, a secretária contou que depois que o vídeo foi parar na internet a atitude lhe custou o emprego, críticas dos amigos e a repentina mudança de casa e até de bairro.

1208574_10200442410254152_151253970_n

28 de nov de 2013
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário