11 de jul de 2014

(VÍDEO) Essa coisinha peluda e espetada que você está vendo aí chama-se hedgehog. Não tem uma tradução literal para o português, mas no Brasil é chamado de “ouriço pigmeu africano”, e a criação deles aqui como animais de estimação É PROIBIDA PELO IBAMA.



Embora ele se pareça com o porco espinho ele é um ouriço, e eles são insectívoros (comem insetos). Os Hedges para estimação são resultado de duas espécies africanas, a albiventris e a algirus, do gênero Atelerix.
 
Embora ele se pareça com o porco espinho ele é um ouriço, e são insectívoros (comem insetos). Os Hedges para estimação são resultado de duas espécies africanas, a albiventris e a algirus, do gênero Atelerix.
 
Mamíferos primitivos, surgidos há cerca de 100 milhões de anos, eles tem o corpo coberto de espinhos e o focinho comprido. Quando se sentem ameaçados, se transformam em uma bola de espinhos. A visão dos hedgehogs é ruim e isso o obriga a ter como sentido principal o olfato. Os hedgehogs medem de 13 a 23cm e pesam em torno de 400g quando adultos.
 

Quando criados como animais de estimação, ao invés de ficarem dentro de casa vivem em jardins. “Se ficarem dentro não conseguirão comer insetos e serão alimentados com ração de gato ou cão, o que os tornaria muito obesos”, explica e professora de Medicina Veterinária da Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Valéria Teixeira.
 
E antes que você morra de amores pelo minúsculo bichinho – vale lembrar que: Animal não é Brinquedo, não se pode “desliga-lo” quando você estiver cansado, você precisará dedicar seu tempo, dinheiro (para veterinário, comida e outras necessidades) e seu amor a qualquer animal.
 


Aqui vão  algumas das necessidades dos hedgehogs;

- Esses animais precisam viver em um ambiente de por volta de 23°C ou superior, ou podem ficar doentes, hibernar e ir ao óbito. Ou seja, precisará de atenção com relação à temperatura e, normalmente, de placas aquecedoras.


- A expectativa de vida desses animais é de, normalmente, 3 a 6 anos de idade, mas podem viver até 10. Portanto, você terá que fornecer todas as necessidades para esse animal por todo esse tempo.


- Eles precisam ir ao veterinário de tempo em tempo e veterinário para animais exóticos são difíceis de se encontrar e custam caro.  Alguns veterinários, por não ter muita noção, podem te “enrolar”.
- Esses animais precisam de espaço.
- Eles são animais noturnos, o que significa que eles gostam de dormir durante o dia e ficam acordados durante a noite. Se você faz muito barulho durante o dia e se incomoda com pequenos barulhos durante a noite, infelizmente um hedgehog não é um animal indicado para você.
- Você tem que estar ciente que precisará limpar onde seu hedgehog vive (ao menos uma vez por semana), a roda onde ele corre (ao menos 3 vezes por semana) e o próprio animal.
- Uma gaiola de pelo menos 2 metros quadrados. Uma medida boa é 80 cm de comprimento x 30 cm de largura x 30 a 40 cm de altura. (Mais informações sobre o alojamento do animal em breve)
- Um bebedouro de água e um pote de comida para o animal.
- Uma placa aquecedora, se você mora em lugar que faz frio.
- Alimentos para seu hedgehog.
- Um “esconderijo” para o seu hedgehog dormir/se esconder/etc.
- Algo para forrar a gaiola.
- Um termômetro para poder controlar a temperatura de onde o seu hedgehog está.
- Uma roda para o seu animal se exercitar. De preferência, não compre rodas que tenham “espaços”. O animal pode prender a patinha e se machucar.
- Já tenha o contato de um veterinário de animais exóticos. Nunca sabemos quando iremos precisar e não podemos deixar para pesquisar isso de última hora.
 
Você terá condições de fazer/proporcionar tudo isso escrito acima para o animal?
 
Mas se depois de ler tudo isso, e você se interessar em dividir sua vida com um animalzinho diferente do convencional, faça uma visita a
ONG NATUREZA EM FORMA
Funciona no centro da cidade e trabalha com a adoção de animais, além dos cães e gatos também há coelhos, camundongos, esquilos,  chinchilas para adoção.
www.naturezaemforma.org.br - Rua General Jardim, 234. SP/SP.

11 de jul de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário