23 de set de 2011

(Vídeos) O tubarão é um animal imprevisível, indomável e selvagem, dotado de uma série de características que o fazem uma das mais bem sucedidas "máquinas" mortíferas da natureza. Entretanto, o tubarão é também um dos animais mais incompreendidos pelo ser humano, mas na verdade trata-se de uma das criaturas mais dignas de admiração e respeito do que propriamente de medo.

Campanha contra Consumo de Sopa de Barbatanas de

Todos os tubarões são peixes e sua existência na Terra data de aproximadamente 450 milhões de anos - ou, em outras palavras, eles são fósseis vivos! Os tubarões são uma das obras primas da natureza, tão eficientes que não precisaram mudar em quase nada para sobreviver.

Tanto para o ecossistema como para o ser humano, os tubarões são de grande importância. Por serem grandes predadores, estão no topo da cadeia alimentar e contribuem para o controle e a saúde das populações das espécies que são suas presas. Além disso, muitas vezes se alimentam de bichos doentes e velhos.

Estudos dizem que 73 milhões de tubarões são mortos por ano por causa de suas barbatanas. As barbatanas são usadas em um prato tradicional  — a sopa de barbatana de tubarão — onde as barbatanas são cortadas dos tubarões ainda vivos, e eles são então atirados de volta ao mar, e o tubarão vai sangrar e sofre até a morte. A prática dessa culinária medievail é cara e muito apreciada pelos japoneses e chineses, seu alto custo transformou a sopa em símbolo de status na China — o prato pode custar algo equivalente a 200 reais.

Nesse momento é importante lembrar que se todos os tubarões forem mortos não haverá como tirar qualquer benefício deles - e ainda por cima, isso causaria um desequilíbrio ecológico de enormes proporções.

Dezenas de milhões de tubarões são mortos por ano para a produção da sopa segundo a organização internacional WildAid.

Mas, a matança do tubarão continua e, por isso, o mais famoso atleta chinês, o ex-jogador de basquete Yao Ming também participa da campanha.

A mensagem é simples: “Quando pararem de comprar, a matança pode parar também”, diz Ming na propaganda. (vídeo abaixo)

Existem cerca de 400 espécies de tubarão e, dessas, apenas 33 têm registro de ataques a seres humanos. Após muitos anos de estudo, hoje se sabe que os tubarões não apreciam a carne humana. O que geralmente ocorre é que o tubarão se engana - isso mesmo, eles pensam que um surfista é uma suculenta foca, ou tartaruga. Quando nadamos, produzimos sons e vibrações na água muito parecidas com a das presas do tubarão. Então, ele vai até o infeliz banhista, morde e vai embora (ele pensa, "não é isso que eu queria"). O problema, é que a vítima muitas vezes não resiste aos ferimentos provocados pela mordida e morre.

Na imagem acima a direita, está o mergulhador Vincent Canabal, costuma descer até águas profundas do mar das Bahamas, no Caribe, para alimentar à mão alguns tubarões. — Os tubarões parecem bastante assustadores quando abrem a boca. Você tem que ter muito respeito, atenção e estar mentalmente focado — completou.

No vídeo abaixo Yao Ming, explica sua ligação com a WildAid.

Desde então, Yao apareceu em uma série de comerciais e fez incontáveis aparições públicas para divulgar a realidade sangrenta da indústria mundial de barbatanas de tubarão – mostrando aos companheiros chineses como a demanda do país estava aniquilando essas elegantes criaturas dos oceanos, e tentando convencê-los de que servir o prato em casamentos e banquetes não é um sinal de sofisticação e sim de ignorância.

23 de set de 2011
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário