19 de ago de 2014


(VÍDEO) Hoje no Dia Mundial do Orangotango #OrangutanDay - que são alguns dos nossos parentes mais próximos, uma história de superação de dois seres sofridos, que graças aos voluntários que trabalham no salvamento, resgate e recuperação, conseguiram fornecer condições para que eles pudessem superar suas deficiências para viver suas vidas livres em seu habitat natural com supervisão .

 
Orangotango Sem Braços Resgata Amigo Cego e em

 


Kopral e Shelton compartilham muitas semelhanças. Ambos têm de viver com deficiência devido a tragédias terríveis. Ambos foram encontrados em condições críticas e resgatado pela Fundação BOS.

Ambos foram tratados com sucesso e agora estão sob os cuidados amorosos da equipe da Fundação BOS em Samboja Lestari, East Kalimantan. Eles são quase da mesma idade e agora, os dois forjaram uma amizade íntima, a fim de apoiar uns aos outros.

O primeiro orangotango ‘Kopral’, chegou ao Santuário BOS – Borneu Orangutan Santuary em 16 de dezembro de 2009, com quatro anos de idade. Desde pequeno quando foi arrancado de sua mãe, foi criado dentro de uma gaiola como pet. Mas um dia ele conseguiu escapar de sua jaula, e lamentavelmente, Kopral correu para um poste de energia e subiu nele. Ele foi eletrocutado instantaneamente; um incidente que gravemente queimou seus braços e pernas.

Mas o proprietário não o socorreu, e nem o levou ao veterinário, ele levou Kopral de volta a casa e o trancou na gaiola, talvez pensando que ele iria morrer em breve. Mas depois de uma semana, Kopral ainda estava vivo. Alguém da família então sentiu pena de Kopral, e chamou um táxi e mandou que Kopral fosse trazido para o para centro de reabilitação da Fundação BOS em Samboja Lestari.

Quando o taxi abriu a porta, o cheiro de carne podre era insuportável. O orangotango estava em uma condição dolorosa. Seu braço direito - do pulso ao ombro - não tinha mais nenhuma carne; só um osso. Seu braço esquerdo também sofreu queimaduras. Suas duas pernas ficaram machucadas também.

Leia também: 
Orangotango bebe é brutalizado e teve seus dedos da mão cortados por fação
Orangotango Salva Filhote de Passarinho
O Óleo da Destruição e Extinção dos Orangotangos
Trinta bebês Orangotangos Resgatados

 

Naquela época, havia muito pouca esperança para a recuperação de Kopral. Mas Kopral tinha uma vontade enorme de viver, que ficou comprovado por seu comportamento alimentar. Ele comeu todos os frutos que lhe foram dados sem hesitar. Isto é totalmente contrário à nossa experiência, onde geralmente um orangotango doente perder o seu apetite de forma significativa e, por vezes, não quer comer nada. Depois que ele terminou de comer, Kopral saiu do cesto onde ele estava sentado e tentou passear. Ele até tentou escalar as cercas da clínica! Vendo tudo isso, estávamos certos de que Kopral queria sobreviver e não estava disposto a desistir.

Amputação

Naquela noite, nós levamos Kopral para um hospital do exército, porque era o único hospital disposto a aceitar Kopral. Ele passou por uma cirurgia e seu braço direito teve que ser amputado até o ombro. Depois de voltar do hospital, Kopral estava em boas condições e ele estava de bom humor.

Infelizmente, dia após dia, a condição de seu braço esquerdo piorava. Com o coração pesado, a equipe médica decidiu amputar seu braço esquerdo também, até o cotovelo. Essa segunda cirurgia foi realizada no Samboja Lestari Orangutan Clinic, com a ajuda do hospital do exército. Após a segunda cirurgia, a condição de Kopral realmente melhorou. E depois de quatro meses de tratamento, Kopral estava totalmente recuperado e imediatamente se juntou aos outros orangotangos na escola florestal.




 
Na Escola Florestal, Kopral continuou surpreendendo com suas habilidades. Ele agora consegue escalar árvores usando somente seus pés, e é muito hábil na construção de seu ninho! Kopral constrói ninhos usando seus pés e sua boca para segurar e organizar galhos e folhas para o seu ninho.


 

Como se vê, com o amor e apoio de seus companheiros de orangotangos, bem como do pessoal da Samboja Lestari, mesmo um orangotango pode encontrar uma maneira de superar as limitações. Agora com a idade de 7 anos de idade, Kopral tem crescido, e é um orangotango ambicioso, curioso, ativo e muito inteligente.

9 Projéteis de bala no corpo de Shelton

Em fevereiro de 2012, um grupo de escoteiros encontrou um orangotango gravemente ferido no Parque Nacional Kutai (KNP). Eles entregaram o orangotango até uma equipe KNP que chamou um médico. O médico ficou chocado ao descobrir que havia nove projéteis de bala alojados no corpo do orangotango.

O médico e a equipe de KNP tentou o seu melhor para dar um tratamento para o orangotango, mas sua condição era muito enfraquecida, no entanto. Eles finalmente decidiram entrar em contato com a Fundação BOS em Samboja Lestari.



Na imagem os resultados do raio-x do orangotango Shelton

A equipe do BOS de Samboja Lestari  realizou exames médicos e deu tratamento imediato para o orangotango. Mas, a julgar pela sua condição angustiante, no mesmo dia, 24 de fevereiro de 2012, a equipe decidiu trazer o orangotango de Samboja Lestari para o tratamento intensivo.



Shelton, após cirurgia

Em Samboja Lestari, a equipe médica operou o orangotango e removeu todos os projéteis de seu corpo. Mas alguns em torno de seu olho direito tinha danificado sua visão, causando-lhe cegueira permanente. Fora desses ferimentos, seu estado era bastante estável.

Ao contrário de Kopral, Shelton experimentado um trauma muito maior. Apesar de sua condição física estar ficando melhor, Shelton era frequentemente encontrado deitado em um canto, abraçando a cabeça com força. Mas a equipe médica havia lhe dado o melhor tratamento disponível e incansavelmente o acompanhou durante todo o tempo, dando-lhe o amor tão necessário e o apoio. Finalmente, sete meses após o incidente, Shelton ficou recuperado. Mesmo cego, a alma deste orangotango de 6 anos de idade,  foi novamente preenchido com o espírito de sobrevivência.



Foi construído um ambiente especial para ele na Escola Florestal, onde então ele teria espaço para se movimentar mais livremente e ter tempo suficiente ao ar livre. Durante todo esse tempo, Shelton foi colocado em quarentena com exposição limitada ao mundo exterior. No primeiro dia em que Shelton mudou-se para seu novo alojamento, nada aconteceu. Mas no segundo dia, houve um orangotango que visitou  Shelton. Um orangotango tão ou mais  especial que Shelton, Kopral.

Kopral aproximou da gaiola de Shelton, escalou-a, em seguida, sentou-se em cima dela. Shelton era um pouco assustado no começo, então ele ficou quieto. Mas no dia seguinte, quando Kopral mais uma vez sentou-se por sobre as grades, Shelton decidiu ir em sua direção. Ele começou cheirando Kopral sutilmente. A equipe da Escola Florestal intencionalmente não abriu a porta do gabinete para dar a  Shelton o seu próprio tempo, para reconhecer e memorizar o cheiro de Kopral. Isso aconteceu várias vezes ao longo dos dias que se passaram.

No final de Agosto de 2012, a equipe finalmente pode abrir a porta para Shelton sair. Como esperado, Kopral comemorou e convidou Shelton para brincar! Parece que Kopral sente a semelhança entre Shelton e ele próprio. Ele sabe que Shelton tem deficiência também. Com Shelton, Kopral é mais delicado, bem diferente da forma como ele normalmente faz com seus outros amigos.

 

Desde então, Shelton tem sido muito mais alegre. Todos os dias, Kopral passa algum tempo para brincar com Shelton e lhe ensina muitas coisas. Eles balançam, saem, brincam de lutar, e caminham juntos. Kopral e Shelton tornaram-se fiéis e inseparáveis ​​melhores amigos de apoio mútuo.



Através destes dois orangotangos, aprendemos sobre a sobrevivência, resistência e o significado de uma verdadeira amizade.

Que os seres humanos possam ter aprendido com essas lições  em nossas próprias vidas e nas interações com outros seres, humanos ou animais.




Por: Wiwik Astutik (Samboja Coordenador Cuidados Lestari Animal), Suwardi (Samboja Lestari de Comunicações), Rini Sucahyo (BOSF Communications Assessor da Presidência)


Fotos: Direitos Autorais da Fundação BOS (Fotógrafos: Wiwik Astutik, Suwardi, Agus Irwanto, Arvid Nicolas yosua)


*****************



Por favor, ajudem KOPRAL & SHELTON!

Kopral e Shelton precisam do seu apoio para garantir o melhor atendimento para o resto de suas vidas. Obrigado por seu apoio generoso!

DOAÇÃO:


Você pode conectar o seu donativo para a nossa conta bancária a seguir, dependendo da sua moeda. Indique por favor o nome do destinatário (ou seja Kopral, ou Shelton) em sua descrição de transferência e enviar o comprovativo da transferência para bosfundraising@orangutan.or.id .

 
Fonte: BOS

19 de ago de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário