5 de nov de 2014

Um filhote de arara azul (Anodorhynchus hyacinthinus ) criada desde o nascimento no ambulatório do Passeio Público de Curitiba, o  parque mais antigo da capital do Paraná, deu esta semana seu primeiro voo. E não foi um voo qualquer. Blu, como é carinhosamente chamada pelos veterinários e técnicos do Passeio, acabou no alto de um prédio em construção e deu trabalho para as equipes de resgate, até ser levada novamente para o recinto onde vive.

blu-arara-azul

A arara azul toma banho de sol e faz exercícios de voo todos os dias, mas até agora se mostrava desengonçada ao voar. Na última segunda-feira, porém, ela fugiu. Voou alto, foi parar no topo de prédios da região e no fim da tarde foi vista em uma árvore. Os bombeiros foram chamados, mas não conseguiram resgatar a ave, já que a escada não alcançou o topo da árvore.

Na manhã desta terça-feira, Blu foi novamente avistada, e uma dupla de servidores que auxiliam na poda de árvores altas na cidade (conhecidos como “homens-aranha”) foi chamada para resgatá-la. Ao se aproximarem, ela voou do mais alto eucalipto do Passeio Público para um prédio ao lado. A veterinária, a zootecnista e a bióloga que cuidam da arara Blu foram até o edifício em construção, mas ao chegarem perto de um dos andares mais altos, onde se encontrava a arara, ela novamente voou, despistando as equipes novamente.

No final da manhã ela foi finalmente avistada em outro prédio do entorno do Passeio Público, e desta vez, talvez já com fome ou cansada da "brincadeira", se deixou levar para o seu recinto.  

O diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Alexander Biondo, explica que por ter sido criada em um local fechado e alimentada desde recém-nascida, a arara azul não se adaptaria à vida livre.  “A arara Blu está no Passeio desde os seus primeiros dias de vida. Ficou na incubadora e foi alimentada na seringa. Hoje, com seis meses de idade ela recebe alimentação no seu recinto. Como comprovou que está apta ao voo, estamos analisando a sua transferência para um local maior, provavelmente o Zoo”, informa a Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba.

5 de nov de 2014
comments powered by Disqus

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário